Com seis jogos de invencibilidade, Vila Nova encara o Paysandu em Belém

Entre os primeiros colocados da Série B, o Vila Nova encara uma equipe que não vence há seis jogos. Enquanto o Tigre não perde também há seis jogos. Paysandu e Vila Nova duelam nesta quinta-feira, às 20h30 na Curuzu, pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro em busca de objetivos diferentes.

O Vila Nova vem de duro empate sofrido no fim do jogo contra o Londrina na semana passada e perdeu a oportunidade de engatar três vitórias consecutivas. No entanto, a sequência é considerada positiva, já que a equipe não sabe é o que perder há seis jogos, sendo quatro deles empates, e ocupa a quarta colocação com 23 pontos.

A defesa é um dos grandes trunfos do time. Com apenas nove gols sofridos, é a equipe menos vazada do campeonato após 14 rodadas. Ao mesmo tempo, a equipe goiana sofre com o setor ofensivo. O Tigre balançou as redes 13 vezes em 14 partidas – apenas Boa Esporte, Brasil de Pelotas e Londrina marcaram menos gols. Por isso, o técnico Hemerson Maria deve promover mudanças no ataque para o confronto com o Paysandu.

Além de ter Alex Henrique, titular na última rodada, Elias e Ramon, o comandante ganhou mais opção para o setor. Anderson Cavalo, contratado na última semana já está regularizado pode estrear pelo Vila Nova. Mudança certa será Moacir, que substituirá Wellington Reis, suspenso.

O Paysandu, por sua vez, amarga seis jogos sem triunfos, dos quais quatro foram derrotas. O cenário é ainda pior ao se considerar que o time tem apenas uma vitória nos últimos 11 duelos na segunda divisão. A equipe paraense vem inclusive de um revés contra o Coritiba e ocupa a 12ª colocação com 17 pontos, apenas dois a mais que o CRB – primeiro na zona do rebaixamento.

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU x VILA NOVA

Local: Estádio Curuzu, em Belém (PA)
Data: 12 de julho de 2018, quinta-feira
Horário: 20h30 (Brasília)
Árbitro: Alinor Silva da Paixão (MT)
Assistentes: Marcelo Grando (MT) e Renan Antônio Angelim Rodrigues (MT)

PAYSANDU: Renan Rocha; Maicon Silva, Edimar, Fernando Timbó e Mateus Muller; Nando Carandina, Renato Augusto e Thomaz; Claudinho, Moisés e Pedro Carmona. Técnico: Dado Cavalcanti

VILA NOVA: Mateus Pasinato; Maguinho, Wesley Matos, Diego Giaretta e Hélder; Geovane, Moacir, Mateus Anderson, Alan Mineiro e Reis; Alex Henrique (Elias ou Ramon). Técnico: Hemerson Maria




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.