Daniel Vilela detona Caiado na TBC. “Em 30 anos na política, nunca trouxe benefícios para Goiás, principalmente aos mais humildes”

Segundo Daniel Vilela, Ronaldo Caiado faz política voltada apenas para os poderosos.

O deputado federal Daniel Vilela, pré-candidato a governador pelo MDB, participou na noite desta terça-feira (12/6) do programa Roda de Entrevista da nova TV Brasil Central (TBC). Na entrevista o emedebista não deixou barato e bateu pesado no seu adversário Ronaldo Caiado (DEM). Caiado tem sido responsabilizado, principalmente por Maguito Vilela, pai e um dos principais defensores e coordenadores do projeto de Daniel Vilela em 2018, por semear discórdia dentro do MDB afim de conquistar o apoio do partido à sua candidatura.

Ronaldo Caiado nunca fez nada pelos pobres de Goiás

A parte mais forte das críticas de Daniel Vilela a Ronaldo Caiado durante o Roda de Entrevistas da TBC foi quando o pré-candidato do MDB lembrou que em mais de 30 anos na política, o senador do DEM não trouxe qualquer benefício ao povo de Goiás, em especial para a população mais carente. Daniel quis mostrar que a atuação política de Ronaldo Caiado sempre foi voltada para os ricos, e que historicamente os Caiado sempre estiveram ao lado dos poderosos em Goiás. “Caiado está na política há mais de 30 anos e não trouxe qualquer benefício, principalmente aos cidadãos mais humildes”, enfatizou.

Acreditando na virada

“Em Goiás desde 1994 todas as eleições apresentaram quadro de virada”, disse Daniel Vilela contestando as pesquisas divulgadas até agora onde ele aparece com índices muito baixos na segunda ou mesmo na terceira posição. Daniel disse ainda que não se importa com as candidaturas adversárias e que está focado em apresentar um grande projeto de governo para os goianos.

Daniel Vilela destacou que o MDB tem a candidatura mais natural de oposição ao atual governo do Estado e que todos os goianos sabem disso. “Nosso principal objetivo nesse momento é a construção de um novo projeto”, completou.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.