Defesa de João de Deus pede autorização para médicos visitá-lo na cadeia

A defesa do médium João de Deus formalizou nesta quinta-feira (13) na Agencia prisional de Saúde do Sistema Penitenciário de Goiás um pedido para que os médicos do médium possam visitá-lo na prisão. O advogado Alex Neder informou à CBN que o cliente não terminou, nos 74 dias que esteve internado no Instituto Neurológico de Goiânia, o tratamento de um aneurisma. Falou também que João de Deus precisa ser acompanhado, pelo menos, três vezes na semana, por um cardiologista e um psiquiatra. Em visita no Complexo Prisional, na tarde de hoje, o advogado disse que o médium está abatido e deprimido e que precisa urgentemente de acompanhamento. A Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP), no entanto, diz que não recebeu nenhum pedido do Superior Tribunal de Justiça para atendimento diferenciado ao médium na prisão.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.