Delegado morre durante testes físicos em MG

O delegado da Polícia Civil de Minas Gerais, Fernando Marins Pinheiro, de 37 anos morreu enquanto fazia exercícios físicos dentro da Academia de Polícia Civil na tarde de terça (5). As causas da morte do delegado ainda não foram divulgadas, mas a sobrecarga de trabalho pode ter causado o óbito, segundo afirmou o presidente do sindicato dos policiais civis de Minas Gerais, Denílson Martins.

Fernando Pinheiro era o responsável pela Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos de Belo Horizonte e o treinamento a que se submeteu permitiria que ele fosse promovido na carreira policial. Se aprovado, ele faria parte de uma divisão especial na Polícia Civil.

A suspeita de que a rotina de Fernando estivesse desgastante foi apontada pelo presidente do Sindpol, Denílson Martins. “O que já posso dizer é que, de fato, existe uma sobrecarga de trabalho. A profissão exige uma concentração permanente, em tempo integral e o delegado Fernando trabalhava em uma das delegacias de ponta de Belo Horizonte, onde são realizadas diversas operações contra o crime organizado, haja vista a quantidade de furtos e roubos de carros em todo o Estado.”

Um dos carros usados por bandidos que explodiram a agência bancária de Pompéu, por exemplo, havia sido roubado na região do Prado, em Belo Horizonte. Na ação, o cabo da Polícia Militar Osias Alves de Barros morreu numa troca de tiros com os criminosos.

Para realizar os exercícios, Fernando precisou fazer exames médicos e todos atestaram que ele estaria apto a desenvolver as atividades exigidas.

A Polícia Civil lamentou, em nota, a morte do delegado:

“A chefia da Polícia Civil e todos os seus servidores estão extremamente consternados com essa fatalidade e aproveita a oportunidade para solidarizar-se com a família. A instituição perdeu um excelente profissional, mas seus servidores perderam não só um grande colega de trabalho, mas, também, um amigo”

Fonte: Portal Terra




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *