Deputado João Campos é cotado para ser líder do Governo Bolsonaro na Câmara Federal

João Campos diz que topa ser líder do governo na Câmara Federal e pede melhora na articulação do Palácio do Planalto

Em entrevista à rádio Sagres 730 na manhã desta terça-feira, o deputado federal João Campos (PRB), que está no seu quinto mandato, disse que as críticas do também deputado Delegado Waldir (PSL) ao governador Ronaldo Caiado (DEM) “fazem algum sentido”.

Waldir afirmou: “Deputado não quer achacar, mas quer ajudar o governar. É uma questão de justiça. Eles participaram de campanha, andaram em cidades. Nada mais justo que participar da administração. Mas a escolha quem faz é o governador”, emendou: “Ninguém vai votar com o governo porque o Caiado é bonito. Ele vai ter que decidir se quer ajuda para governar ou se vai arcar com o ônus da falta de parceria ou lealdade”.

Liderança do governo

O deputado federal João Campos (PRB), cujo nome está cotado para função de líder do governo no Congresso, criticou o trabalho de articulação que o Palácio do Planalto está fazendo com parlamentares.“O DEM, por exemplo, está solto. Em qualquer país do mundo, o DEM teria três ministros”. Campos disse também que o governo “não fez absolutamente nada” para derrotar o decreto legislativo que sustou a decisão do presidente de ampliar o espectro de funcionários autorizados para declarar documentos ultrassecretos.

João Campos ainda afirmou que Bolsonaro comete grave erro ao articular com as bancadas temáticas, em vez de dialogar com os partidos. “A aposta do governo Bolsonaro na articulação com as bancadas temáticas, em vez de conversar com os partidos, está errada. Em qualquer democracia do mundo, a articulação passa pelos partidos, que são quem orientam votos e conduzem as decisões”.João Campos (PRB) disse topa a incumbência se o convite for oficializado pelo presidente. Disse, no entanto, que ele particularmente não articula para ser o ungido, ao contrário de outros parlamentares cotados.

 

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.