Em troca de não pagar aluguel, casal deixa filha ser abusada sexualmente por senhorio

Uma adolescente de 15 anos foi repetidamente abusada sexualmente pelo senhorio da casa onde ela mora com a família, no Paraguai. A mãe e o padrasto da jovem foram detidos por terem deixado que os abusos se perpetuassem em troca de não pagarem o aluguel da residência.

Juan Domínguez, de 46 anos, foi detido pela polícia acusado de violação de menores.

Os abusos, que duraram cerca de dois anos, teriam acontecido com autorização da mãe biológica e do padrasto da garota. As autoridades acreditam que Ramona Perla, de 37 anos, e Julián Agripino, de 65 anos, teriam permitido os abusos em troca de não pagarem o aluguel da casa onde moram.

A adolescente foi resgatada após uma denúncia feita por uma tia e as autoridades fizeram as três detenções no mesmo dia.

Ao site “Infoabe”, uma fonte próxima à investigação disse que a mãe da jovem, que até 2016 trabalhou como empregada doméstica, teria sido ameaçada para entregar a filha ao senhorio. Mesmo assim, a mulher será acusada por promoção e facilitação à prostituição.

O mesmo site adianta que as autoridades estão investigando a hipótese de a adolescente ter engravidado, sendo, depois, obrigada a abortar.

A jovem está agora aos cuidados de uma instituição de proteção de menores.

Fonte: JN Portugal




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.