Família é encontrada morta dentro de apartamento; suspeita é de inalação de gás

Quatro pessoas de uma mesma família foram encontradas mortas, neste domingo (14), dentro de um apartamento em Santo André, no ABC Paulista. Segundo informações da polícia, a irmã, que também é vizinha, encontrou a família morta.

A família, dois adultos, um adolescente e uma criança de 3 anos, estava em um apartamento na Rua Haddock Lobo. O motivo da morte vai ser investigada, mas a polícia suspeita de asfixia por inalação de monóxido de carbono resultante da queima do gás.

Segundo o delegado do 1º Distrito , Roberto von Haydin o aquecedor a gás do apartamento estava sem chaminé e as janelas estavam todas fechadas. A perícia foi ao local e não havia sinais de arrombamento ou violência.

“99% de certeza que foi envenenamento por monóxido de carbono. O aquecedor a gás está sem a chaminé. Agora, vamos investigar quem tirou a chaminé do exaustor”, disse.

Ainda de acordo com Von Haydin, uma mulher adulta estava no box do banheiro, com o chuveiro ligado, o homem estava no sofá com a criança deitada sobre o peito, ainda coberta, como se estivesse dormindo, e a adolescente estava deitada na cama de cima de um beliche. Por volta das 15h30 deste domingo, os corpos ainda estavam no apartamento.

A família voltou da Disney na sexta-feira (12) e as malas ainda não haviam sido desfeitas. A suspeita é a de que as mortes tenham acontecido de sexta para sábado (13).

“A chaminé impedia o fechamento da janela e pode ter sido retirada quando a família foi viajar. O apartamento estava todo fechado e confinado. Quando ela [a mãe] foi tomar banho e ligou o aquecedor, porém com as janelas fechadas, o gás tomou o apartamento”, disse.

Fonte: G1




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.