Fifa mirou CBF ao cortar árbitro brasileiro da final da Copa

Sandro Meira Ricci estava entre os 12 selecionados com chances de apitar a decisão do Mundial, no domingo, entre França e Croácia. Mas seu nome não foi levado em consideração na reta final pelo Comitê de Arbitragens da Fifa por causa de um pedido da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). Tudo isso em represália à quebra de acordo do presidente da CBF, coronel Antônio Nunes, com os demais dirigentes do continente para a escolha da sede do Mundial de 2026.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.