Governo de Goiás entrega duas passarelas em perímetro com tráfego de 200 mil pessoas na GO-040

O governador Marconi Perillo esteve, na manhã desta quarta-feira, dia 28, em Aparecida de Goiânia, onde inaugurou duas passarelas na GO-040. Uma no quilômetro 1,5, próximo ao Terminal Garavelo; outra no quilômetro 2,3, em frente ao Portal Shopping. As passarelas José Hipólito da Silva e João Antônio Borges foram construídas pela Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), com investimento de R$ 3,1 milhões, e darão mais seguranças na circulação dos transeuntes e moradores da região.

“Duplicamos a GO-040, colocamos uma iluminação de primeiro mundo e faltavam as passarelas. Elas já foram entregues há algum tempo, mas, por questão de agenda, só agora pudemos vir inaugurá-la simbolicamente. Elas vão dar conforto e segurança à população da região”, afirmou o governador.

Marconi também falou sobre a construção de barreiras para evitar que pedestres imprudentes deixem de utilizar as passarelas. “Não adianta fazer só a passarela. Vamos fazer também as barreiras para evitar imprudências”, declarou, acrescentando que irá conversar com o presidente da Agetop, Jayme Rincón, para que ele comece a tomar as medidas necessárias.
Moradores aplaudem construção de passarelas e dizem que essa atitude de Marconi vai proteger as pessoas

Segurança

Dar segurança e evitar acidentes e mortes de pedestres. É assim que a população de Aparecida de Goiânia se refere à presença das passarelas entregues hoje pelo Governo de Goiás sobre a GO-040, no município. Os moradores ouvidos enfatizam isso e dizem que aquele era um trecho perigoso e com um retrospecto de muitas vítimas.

A dona de casa Dulcemar Evangelista, de 62 anos, já utiliza a passarela e destaca a segurança que sente. “Eu acabei de passar por ela, sempre me sinto segura. Acredito que o governador Marconi Perillo fez a parte dele, construindo essa estrutura. Agora, nós, população, precisamos fazer a nossa, utilizando as passarelas”, avaliou Dulcimar.

O comerciante Elton Repezza, de 52 anos, diz que a passarela tem evitado acidentes e tragédias. “Aqui, todo dia tinha acidente. Agora, com a passarela, nos sentimos mais seguros. Melhorou demais para mim e minha família e para toda a população”, declarou




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *