Homem é morto por tigres em treino de adestramento

Uma tragédia atingiu um circo no sul da Itália. Quatro tigres atacaram e mataram seu domador, Ettore Weber, 61. O incidente aconteceu na quinta (04/07) durante uma sessão de treinamento em Triggiano uma pequena cidade na região de Puglia. Todos os oito tigres do circo foram apreendidos pela polícia.

O ocorrido causou um alvoroço na comunidade local, fortalecendo os pedidos para a proibição de animais em circo, um tema debatido no Parlamento do país. As associações de proteção aos animais protestaram. Uma liga de italianos que combate estudos com animais vivos pediu para que os tigres não sejam mortos, além da aceleração da proibição ao uso de animais em circos na Itália.

De acordo com um estudo de 2017 pela Fundação Censis, a Itália é um dos poucos países que não limita o uso de animais em circos. Deputados discutem uma nova lei sobre a proibição de animais em circos pela segunda vez desde 2017.

Apesar da defesa animal, a associação nacional de circos anunciou que organizará protestos caso o governo aprove a lei nos próximos meses.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.