Homem que matou e estuprou mulher na Bahia, é preso em Goiás

Manoel Messias é acusado de estuprar e matar Lusidalva Rosa de Sousa

A Polícia Civil de Jataí, através do Grupo de Investigações de Homicídios (GIH), deflagrou na manhã de ontem a operação Angico, na Fazenda Água Limpa, zona rural do município de Jataí, sudoeste de Goiás. A ação teve a finalidade de dar cumprimento a um mandado de prisão preventiva, expedido pelo Poder Judiciário da Comarca de São Desidério, na Bahia, em desfavor de Manoel Messias Lima dos Reis.

Manoel Messias é acusado de estuprar e matar Lusidalva Rosa de Sousa no dia 27 de fevereiro de 2017, na Fazenda Boa Esperança, Povoado do Angico, zona rural de São Desidério. A prisão de Manoel foi decorrente de um trabalho conjunto entre o Grupo de Investigações de Homicídios de Jataí e o delegado Carlos Ferro, titular da DP de São Desidério, quem presidiu as investigações.

Carlos Ferro relatou que Manoel Messias fugiu do Povoado do Angico após o crime e passou a residir na clandestinidade por nove meses, sendo preso graças ao apoio dos policiais do GIH e dos agentes do 1º DP de Jataí, que monitoraram o autor por vários dias na Fazenda Água Limpa, zona rural do município de Jataí/GO, até a deflagração da operação na manhã de ontem, com êxito na prisão desse foragido.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.