Hubble registra “arroto” de buraco negro após “banquete” de gás cósmico

Um buraco negro gigante no centro de uma galáxia distante foi detectado pelos telescópios espaciais Hubble e Chandra, da Nasa, absorvendo gás e emitindo dois “arrotos” de partículas de alta energia, dando suporte à teoria de que esses centros galácticos atravessam ciclos de muita atividade.

O buraco negro está localizado a 800 milhões de anos-luz de distância da Terra. Os pesquisadores responsáveis pela descoberta também observaram os resíduos de outro “arroto”, que ocorreu há 100 mil anos.

O fenômeno ocorre quando o gás cósmico se aproxima de um buraco negro, sendo sugado por sua força gravitacional. Quando isso ocorre, parte da energia é liberada de volta ao espaço em forma de “arroto”.

“Os buracos negros são comedores vorazes, mas não têm boas maneiras à mesa”, afirmou Julie Comerford, da Universidade do Colorado Boulder, nos Estados Unidos, durante a 231ª reunião da Sociedade Americana de Astronomia, em Washington.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.