Idosa é deixada por familiares na porta de abrigo durante a noite e gesto causa revolta

Uma idosa de 63 anos foi vista sendo deixada por um carro vermelho na porta do Lar dos Idosos Lions Clube do bairro Cedrinho, em Brusque, Santa Catarina. O caso foi registrado por câmeras de segurança, às 23h47 de quarta-feira (11), quando um veículo de cor vermelha chega na frente do Lar, deixa a idosa e sai. A senhora vai até a porta em busca de atendimento. O fato tem causado indignação nas redes sociais após o vídeo ser publicado.

De acordo com reportagem do Portal Camboriú Notícias, assim que a idosa chegou, os funcionários do Lar dos Idosos chamaram a polícia. Não havia nenhum responsável pela mulher naquele momento.

Conforme o subcomandante da Polícia Militar, Major Heintje Heerdt, a idosa foi levada até à Delegacia de Polícia Civil pela PM, mas não havia muito o que ser feito. Para não deixá-la desamparada, principalmente devido ao frio durante a madrugada, a PM a acolheu nas próprias dependências do 18° Batalhão de Polícia Militar. Ao amanhecer, ela foi levada para a Praça da Cidadania onde ficou aos cuidados de assistentes sociais do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

Família localizada

De acordo com o Secretário de Assistência Social e Habitação de Brusque, Deivis da Silva, inicialmente a mulher não se comunicava e apresentava timidez, mas aos poucos começou a conversar. “A gente conseguiu a informação de que ela é de Tijucas, achamos o cadastro dela e identificamos a família.

Foi feito contato e agora a tarde os sobrinhos delas vieram buscá-la e a levaram de volta”, explica o secretário. “Segundo a família a senhora sofre alguns problemas e eles não estariam mais dando conta de cuidar dela. Eles disseram que, sem saber o que fazer, acharam que a forma melhor era levá-la até Brusque e deixá-la no Lions. Acharam que assim estaria tudo certo”.

O secretário informou, ainda que, que foi mantido contato com o Creas de Tijucas e a informação é de que a idosa já recebeu outros atendimentos da Assistência Social daquele município e em outras ocasiões chegou a sair de casa. “Ela já é atendida por lá e agora foi levada de volta pela família. O atendimento não tem como ser aqui de Brusque, haja vista que ela tem domicílio em Tijucas”.

A equipe técnica do Creas orientou a família a procurar a Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Tijucas para buscar orientação.

Fonte: Banda B




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.