Jânio Darrot quer atrair novas lideranças para PSDB

Presidente estadual da legenda e prefeito de Trindade afirma, durante entrevista à Rádio Sagres, que partido quer se reforçar com lideranças do meio acadêmico, empresários e trabalhadores

No comando do PSDB estadual desde o início de maio, o prefeito de Trindade, Jânio Darrot, trabalha para reestruturar e oxigenar o partido, o maior de Goiás, com 75 municípios administrados por gestores tucanos. Está nos planos do partido a prospecção de novas lideranças. “Pessoas novas para a política, pessoas do meio acadêmico, trabalhadores, empresários, para fazer com que o partido esteja pronto para as eleições do ano que vem”, revelou Darrot em entrevista nesta sexta-feira (24/5) à Rádio Sagres.

Para o presidente, um fato o favorece a legenda nas eleições municipais em 2020: será o primeiro pleito sem as chamadas coligações proporcionais (para cargos de vereador), regra definida ano passado pelo Congresso Nacional. “Queremos lançar 150 prefeitos. Queremos continuar sendo um partido grande”, projeta.

Em pouco mais de três semanas de trabalho, Darrot conversou com dezenas de prefeitos, vereadores e lideranças de todo Estado. Na entrevista, comentou sobre a satisfação em estar conseguindo aplacar o sentimento de baixa autoestima em função do resultado das últimas eleições. Ele destaca junto às lideranças a força e o legado do PSDB no Estado. “Existia um sentimento de retirada, de saída do partido, e a gente está conseguindo reverter este sentimento”.

Darrot explicou que conta com o apoio do ex-governador Marconi Perillo nesta tarefa de reorganizar a legenda. “[O PSDB] é um partido grande, que tem cinco deputados estaduais e um federal. Nós queremos alcançar um número maior de deputados federais. É um partido importante, que tem história”, frisou.

FCO

Jânio Darrot ratificou a preocupação do setor produtivo por conta do pleito do governo de Goiás em utilizar verbas do Fundo de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) para custeio e investimentos. “O PSDB já se posicionou contra, porque somos a favor que esse recurso é exclusivo para geração de emprego e renda, para o incremento da indústria no nosso Estado”, frisa Jânio.

Ele explica que o recurso é importante para o crescimento da economia de Goiás diante da estagnação econômica. “Este é um momento de dificuldades, de vendas retraídas, em que os empresários precisam de recursos para investir, para potencializar seus negócios”.

Para Darrot, os recursos devem ser destinados para financiar o setor produtivo. Ele explica que o Estado deve investir em polos para atração de novas empresas. “Mas, para custeio, vejo que isso é ruim para o Estado. O governo pode fazer o pleito de ampliar essa fatia do FCO para Goiás, para que ele tenha 30% e não prejudique o sistema produtivo”, finalizou.

Obras de Marconi

As obras do PSDB e do ex-governador Marconi Perillo foram lembradas nesta sexta-feira (24/05) na entrevista à Rádio Sagres. Darrot falou das qualidades administrativas de Marconi, que colocou o Goiás entre os maiores estados do Brasil, mesmo em tempo de crise econômica.

Ao lembrar o ajuste fiscal promovido ex-governador, suficiente para que Goiás realizasse obras e investimentos em infraestrutura, Darrot falou do quanto os goianos foram beneficiados. “O governador Marconi passou dois anos fazendo um ajuste fiscal. Com esses recursos conquistados, foram investidos no Hugol, em milhares de quilômetros de rodovias construídas, nos quase 500 quilômetros de vias duplicadas, e tantas outras obras como o centro de excelência, autódromo, Estação de Tratamento de Água do João Leite”, enumerou.

Jânio Darrot afirma que o ex-governador foi contratado pela Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), “uma das principais siderúrgicas mineradoras do Brasil”, por sua capacidade de gestão. Disse, ainda, que Marconi não tem planos para as eleições de 2020 e 2022. “Ele sempre fez política, sempre teve um papel importante dentro do partido, mas ele me disse que ele não tem projeto para 2020 e 2022”, conclui.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.