Leonardo fala sobre os 18 anos da morte de Leandro: ‘Passou rápido’

A morte do cantor sertanejo Leandro completa 18 anos nesta quinta-feira (23). Irmão e ex-parceiro de dupla, Leonardo afirma que se surpreende ao pensar no tempo que vive sem a companhia dele. “Passou muito rápido, parece que foi ontem”, declarou o cantor.

Leandro morreu no dia 23 de junho de 1998, após lutar dois meses contra um câncer raro na região do tórax, em um hospital de São Paulo. Na época, o cantor tinha 36 anos.

Antes de morrer, Leandro pediu à mãe, Carmem Divina, que fundasse uma instituição para ajudar no tratamento de pessoas com câncer. Desde então, a Casa de Apoio São Luiz, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, auxilia pacientes diagnosticados com a doença.

Atualmente, a unidade abriga 84 pessoas. Dentre elas está o aposentado Manoel José Rodrigues, que mora em Tocantins e veio a Goiânia para se tratar. “Você gasta até chegar ao Hospital Araújo Jorge [especializado no tratamento de câncer]. Do Araújo Jorge pra cá você não gasta nada”, explica.

Além de ajudar a salvar vidas, a casa de apoio conta com um acervo do cantor. “Isso aqui é uma garrafa de café porque ele não ficava sem café de jeito nenhum. Esse é o chinelo e esse o cinto”, mostra a mãe de Leandro.

Dois dos quatro filhos de Leandro cursam medicina. Com o mesmo nome do pai, Leandro conta que deseja salvar vidas e , por isso, decidiu ser médico. “Tinha vontade de resolver todos os problemas do mundo, inclusive o dele”, declarou.

Casa de Apoio São Luiz conta com espaço destinado a pertences do cantor Leandro, em Aparecida de Goiânia, Goiás (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)

Casa de Apoio São Luiz tem espaço destinado a pertences de Leandro (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)

Fonte: G1 Goiás



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.