Lúcia Vânia culpa a cultura machista pelo assassinado de grávida em Goiânia

Senadora Lúcia Vânia quer discutir a cultura machista que permitia no passado a morte de mulheres sob o argumento de defesa da honra

Em pronunciamento nesta terça-feira (5), a senadora Lúcia Vânia (PSB-GO) declarou solidariedade à família de Denise Ferreira, grávida de quatro meses que foi assassinada em casa na frente do filho de um ano. O marido da vítima é o principal suspeito do crime. Para a senadora, o caso de Denise revela que é preciso não só aprimorar a legislação de combate à violência contra a mulher, mas também trabalhar para mudar a cultura machista no Brasil.

Lúcia Vânia destacou a estatística de uma mulher assassinada a cada 2 minutos no país. Goiânia aparece como a quinta capital brasileira mais violenta para a mulher. A senadora ainda ressaltou o fato de que a morte de Denise ocorreu dentro  de um condomínio fechado.

– Acontece em cada momento, em todas as classes sociais, em todos os lugares e com as pessoas mais próximas a nós – disse.

Relatora do projeto que originou a Lei Maria da Penha, a senadora também lembrou outros avanços como as delegacias especializadas, os juizados de violência doméstica e familiar contra a mulher, e a lei do feminicídio. Ela também citou o reforço das medidas protetivas e outras propostas de mudanças que tramitam no Congresso. Entretanto, enfatizou que nada disso é suficiente para impedir casos como o de Denise Ferreira.

– Precisamos discutir no Brasil a cultura machista que permitiu no passado que a morte de mulheres fosse justificada como legítima defesa da honra. Avançamos ao criminalizarmos a violência e no atendimento da mulher vítima de agressão, mas caminhamos pouco para evitar os assassinatos de mulheres. O combate à violência contra a mulher deve ser uma causa de toda a sociedade, não apenas das mulheres – reforçou.

Fonte: Agência Senado




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.