Mãe e filho torturam jovem grávida de três meses e fazem aborto forçado

Uma mulher de 37 anos foi presa e o filho dela, de 17, apreendido nesse sábado (6) na cidade de Eldorado, no Mato Grosso do Sul. Os dois são apontados como responsáveis por torturar uma jovem de 19 anos que estava grávida do rapaz e forçá-la a cometer um aborto. Um homem de 31 anos, que os ajudou, também foi preso.

De acordo com a Polícia Civil, a jovem descobriu que estava grávida de três meses na quinta-feira (4) e o namorado pediu para que ela abortasse. A moça se recusou a interromper a gravidez e foi chamada pela sogra para conversar dois dias depois, na sexta-feira (6). Ela foi até a casa do rapaz no intervalo do almoço e foi mantida em cárcere privado.

Na residência, além do namorado e da sogra, um amigo da família que é farmacêutico tentaram convencê-la novamente a fazer o aborto. Diante da recusa, passou a ser ameaçada pela mulher. Com medo, aceitou tomar pílulas abortivas, mas não quis introduzir um dos comprimidos no canal vaginal. Foi então que foi imobilizada e teve a roupa retirada à força para que o procedimento fosse realizado.

Uma irmã da jovem desconfiou do sumiço dela e foi até a casa do cunhado com policiais militares. A sogra e o amigo da família foram presos e levados para a delegacia, junto com o namorada da garota que foi apreendido. Os três negaram ter obrigado a jovem a fazer o aborto.

A Polícia Civil informa que os adultos tiveram a prisão em flagrante convertida para preventiva e que vão responder por cárcere privado, tortura e aborto. O adolescente, por sua vez, responderá por ato infracional análogo aos crimes.

Fonte: Bhaz




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.