Marin é condenado a devolver mais de meio milhão de reais para Conmebol e Fifa

Condenado por corrupção no futebol e preso nos EUA, o ex-presidente da CBF José Maria Marin terá que devolver sozinho US$ 137.532,60 (cerca de R$ 519 mil) para as entidades que se sentiram lesadas por seus crimes – US$ 118 mil para a Conmebol e US$ 19.532,60 para a Fifa. A decisão do Tribunal Federal do Brooklyn, onde corre o “caso Fifa” foi divulgada na noite desta terça-feira.

Os valores são referentes a salários e benefícios (como diárias e passagens, por exemplo) pagos ao dirigente entre 2012 e 2015, quando ele ocupou cargos nessas entidades. A CBF também poderia ter algum dinheiro a receber, mas a confederação não se declarou vítima no processo.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.