Morre Rubens Ewald Filho, crítico de cinema e comentarista do Oscar, aos 74 anos

O crítico de cinema Rubens Ewald Filho morreu nesta quarta-feira, aos 74 anos. Ele estava internado no Hospital Samaritano, em Higienópolis, região central de São Paulo, desde maio, quando sofreu um desmaio num shopping da capital e caiu na escada rolante.

Dono de uma memória prodigiosa, ele impressionou milhões de telespectadores, ano após ano, durante a transmissão da cerimônia do Oscar, quando enfileirava os nomes de uma infinidade de artistas ligados ao cinema, bem como seus vastos currículos.

Para o público brasileiro, uma das grandes atrações do Oscar, além do resultado em si, era conferir a inesgotável cultura cinematográfica de Rubens por meio de comentários não “apenas” enciclopédicos como marcados por tom pessoal inconfundível – conforme evocado no livro “O Oscar e eu” (2003).




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.