[VÍDEO] Neto de Fittipaldi bate forte na Bélgica e sofre fraturas nas pernas

Neto do bicampeão de Fórmula 1 Emerson Fittipaldi, Pietro Fittipaldi sofreu um acidente nesta sexta-feira durante o treino classificatório para as 6 Horas de Spa-Francorchamps e foi levado para o centro médico do circuito localizado na Bélgica.

Segundo o pai do piloto, Gugu da Cruz, ele sofreu fratura em ambas as pernas, mas não há risco de morte.

Pietro perdeu o controle de seu carro na entrada da curva Eau Rouge e bateu forte nos pneus do muro de contenção. O brasileiro faz sua estreia em uma prova do Mundial de Endurance (WEC).

“O piloto esteve consciente por todos momentos, sendo atendido imediatamente pelo serviço médico da prova e pelo médico oficial Jacque Tropenat. O piloto foi retirado do carro e levado de helicóptero com suspeita de fraturas nas pernas. Ele foi acompanhado por um representante de sua equipe e não corre risco. Mais tarde daremos novas informações”, comunicou a direção da prova.

O acidente foi resultado de uma pane elétrica, que impediu Pietro Fittipaldi de completar uma curva e mandou o carro direto para o muro de contenção. De acordo com Gugu da Cruz, não é a primeira vez que o carro tem este tipo de problema.

“O mesmo já tinha acontecido em Barcelona, mas lá o Pietro conseguiu evitar um acidente. Desta vez, infelizmente, não deu”, afirmou.

Uma das revelações do automobilismo brasileiro, Pietro assinou contrato com a equipe DragonSpeed para disputar duas corridas do Mundial de Endurance (WEC): as 6 Horas de Spa-Francorchamps (5 de maio, na Bélgica) e as 6 Horas de Fuji (21 de outubro, no Japão).

Pietro ainda acertou para correr neste ano na F-Indy, categoria na qual o seu avô foi campeão, em 1989. Ele assinou contrato com a equipe Dale Coyne para participar de sete etapas, entre elas as 500 Milhas de Indianápolis, em 27 de maio.

ALONSO EM SEGUNDO

Correndo ao lado de suíço Sebastian Buemi e do japonês Kazuki Nakajima, o espanhol Fernando Alonso garantiu a segunda colocação no grid para a Toyota. O piloto foi liberado pela McLaren para correr algumas provas de endurance em preparação para as 24 Horas de Le Mans.

A pole também ficou com a Toyota, com o japonês Kamui Kobayashi, o britânico Mike Conway e o argentino José María  López. A sessão para a prova que será realizada no sábado chegou a ser paralisada por causa do acidente com Pietro Fittipaldi. Com informações da Folhapress.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.