Novo dono do triplex do Lula foi condenado na Paraíba

O novo dono do apartamento tríplex do edificio Solaris no Guarujá – que levou o ex-presidente Lula (PT-SP) à prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro – já foi condenado por improbidade administrativa por fraudar licitações da Prefeitura de João Pessoa.

A sentença decorreu da Operação Confraria, deflagrada em 2005 pela Polícia Federal.

Fernando Costa Gontijo, que arrematou o apartamento atribuído ao ex-presidente, foi apontado como representante da Via Engenharia em uma concorrência fraudada.

O empresário Fernando Costa Gontijo, de 64 anos, é o novo dono de um dos imóveis mais comentados do País: o triplex 164-A, no condomínio Solaris, no Guarujá (SP). O apartamento foi o pivô da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Lava Jato. Ele foi arrematado nesta terça-feira, 15, pelo valor mínimo estipulado no edital, de R$ 2,2 milhões. Gontijo tem três dias para fazer o pagamento e oficializar o negócio.

O triplex tem mais de 200 metros quadrados e uma vista privilegiada.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *