Pai, madrasta e outros dois réus são condenados pela morte do menino Bernardo

O Conselho de Sentença do Tribunal do Júri condenou nesta sexta-feira (15) os quatro acusados pela morte do menino Bernardo Uglione Boldrini, em abril de 2014. Após cerca de 50 horas de julgamento popular, em cinco dias, a sentença foi proferida pela juíza Sucilene Engler Werle por volta das 19h no Foro de Três Passos, no Noroeste do Rio Grande do Sul. A sentença ainda está sendo lida. Cabe recurso. O pai, Leandro Boldrini, a madrasta, Graciele Ugulini, uma amiga de Graciele, Edelvânia Wirganovicz, e o irmão de Edelvânia, Evandro Wirganovicz já estavam presos e retornariam às penitenciárias após o julgamento.

Aguarde mais informações…




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.