Pastor acusado de matar filho e enteado é acusado de mais um estupro

Após ter sido acusado de estuprar, agredir e matar o filho e o enteado no Espírito Santo, o pastor George Alves foi indiciado por mais um estupro, que teria acontecido em 2015. A TV Gazeta revelou nesta segunda-feira (9), que uma mulher denunciou o crime à polícia depois de saber que o pastor havia sido preso.

A polícia já encerrou o inquérito e o pastor responde agora por mais um estupro.

George Alves é apontado como o responsável pela morte dos irmãos Kauã e Joaquim, de 6 e 3 anos. Ele provocou um incêndio em Linhares, no dia 21 de abril. As crianças morreram carbonizadas e o pastor foi preso no dia 28 de abril.

Segundo a perícia, o acusado estuprou as crianças, agrediu e colocou fogo no apartamento.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.