Pastor é assassinado a tiros por ter denunciado traficantes

Vários tiros atingiram o Pastor da Igreja Apostólica Esperança em Cristo que morreu duas horas depois no hospital

João Rodrigues Auzier Neto, de 65 anos, foi assassinado a tiros sexta-feira (24) no bairro Nova Esperança, na Zona Oeste de Manaus. O homem era pastor da Igreja Apostólica Esperança em Cristo. Informações preliminares dão conta que o crime teria sido ordenado e executado por criminosos como retaliação, pois Auzier teria denunciado traficantes da área à polícia local.

Ele foi abordado por dois homens armados enquanto estava na Rua da Paz volta das 13h. Os criminosos se aproximaram e já abriram fogo contra ele. Vários disparos atingiram os braços, pernas e tórax do pastor que chegou a ser levado para o SPA do Alvorada, mas morreu na unidade duas horas depois. A morte também seria uma forma de intimidar a vizinhança. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), vai conduzir as investigações sobre o caso.

Familiares disseram que dias atrás, o pastor teve uma discussão com traficantes, após uma denúncia. Ele evangelizava as pessoas pela área, os traficantes deduziram que ele teria feito a denúncia”, disse uma testemunha, que preferiu não se identificar.

Fonte: Portal do Holanda




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.