Policiais civis do Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Jataí apresentaram, no dia 7 de agosto, Diego Ferreira Carrijo, de 24 anos, o qual confessou a tentativa de homicídio contra o adolescente Pablo Pereira de Freitas, conhecido por “Padim”, de apenas 15 anos, crime ocorrido em maio de 2015. Diego confessou ter efetuado cinco disparos contra a adolescente, alegando que este teria assediado sua namorada e estaria, também, envolvendo seu nome em outra tentativa de homicídio, que ele negou ter envolvimento.

A vítima, Pablo, acabou sendo vítima de homicídio em outubro de 2016, mas o delegado que preside as investigações, Elexandre Cezar Rossignolo, não vê relação entre os fatos, uma vez que a vítima era usuário de drogas e sempre esteve envolvida em situações de conflito. Diego coleciona várias passagens por roubo, furto, receptação e agora será indiciado por tentativa de homicídio qualificado, considerando a motivação torpe e, também, pela impossibilidade de defesa do ofendido, estando atualmente cumprindo pena na Unidade Prisional de Jataí.