Polícia monta ação contra PCC em Goiás e mais 13 estados

Operação é fruto de investigação da PC e do Ministério Público de São Paulo, onde surgiu a facção 

A Polícia Civil e o Ministério Público de São Paulo deflagraram nesta quinta-feira (14/6) a Operação Echelon contra estruturas do Primeiro Comando da Capital (PCC) em 14 estados do Brasil.

Segundo informações da polícia, o alvo é o setor da organização criminosa que controla as ramificações interestaduais, conhecido como Resumo dos Estados, que está diretamente subordinado à cúpula do PCC.

Ao todo, foram expedidos 59 mandados de busca e apreensão em 14 estado. Também foram decretadas as prisões preventivas de 75 investigados, todos apontados como integrantes do grupo. Além de São Paulo, os policiais cumprem diligências em Goiás, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, Pará, Alagoas, Minas Gerais, Tocantins, Roraima, Rio Grande do Norte, Acre, Amapá e Maranhão

Comandam as investigações o Departamento de Polícia Judiciária do Interior-8 (Deinter-8), de Presidente Prudente (SP) e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MP de São Paulo.

As investigações, que começaram em junho de 2017, desvendaram o modo como a cúpula em São Paulo mantém contato com integrantes de outros estados, atuando no tráfico de drogas e armas. Segundo dados da polícia, nos últimos quatro anos, o total de integrantes do PCC fora de São Paulo cresceu 6 vezes, passando de 3 mil para mais de 20 mil em 2018.

Depois de São Paulo, os estados que mais concentram integrantes do grupo são Paraná, Ceará e Minas Gerais. Além disso, a facção está presente na Bolívia, Colômbia, Guiana, Paraguai e Peru.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.