Por intermédio de Marconi, Enel e Caixa reabrem diálogo para que lotéricas continuem recebendo contas de luz

Dirigentes da distribuidora e do banco se reuniram nesta segunda-feira para discutir continuidade do contrato para pagamento de contas de luz nas lotéricas

Resultado da atuação direta do ex-governador Marconi Perillo, as direções regionais da Enel Distribuidora (antiga Celg D) e da Caixa Econômica Federal reabriram nesta segunda-feira (16/7) as tratativas para a manutenção do contrato que permite aos clientes da companhia de energia pagarem, sem custos adicionais, as contas de luz nas agências lotéricas credenciadas pelo banco. O diretor presidente da Enel Abel Rochinha, recebeu da superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Marise Fernandes, nova proposta tarifária, que será levada à apreciação da direção da empresa.

Na sexta-feira, Marconi atuou para intermediar a realização de uma reunião Rochinha Marise Fernandes, com o objetivo de garantir a manutenção do contrato entre a companhia energética e o banco que permite o pagamento, sem custo adicional, das contas de luz em agências lotéricas. “Estou trabalhando pelo entendimento entre a distribuidora e o banco em consideração ao interesse do consumidor goiano. O objetivo é encontrarmos um consenso para que o consumidor não seja prejudicado com tarifas altas ou com a falta dos pontos lotéricos”, disse Marconi.

Na semana passada, a Enel comunicou o fim do contrato com a Caixa por meio do qual os clientes da distribuidora podem efetuar, sem custos, o pagamento das contas de luz nas agências lotéricas da Caixa. A companhia energética informou não ter chegado a um acordo com o banco acerca dos valores cobrados pela prestação do serviço. A Enel informou que, nos termos acertados com a Caixa, a renovação do contrato obrigaria a transferência dos custos do reajuste do serviço para as contas de luz. Com o fim da parceria, a partir de 15 de agosto, o consumidor terá de pagar R$ 2,80 por fatura para quitar a conta de luz nas lotéricas.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.