Preso casal suspeito de matar e roubar homem em Aparecida de Goiânia

O Grupo de Investigação de Homicídios de Aparecida de Goiânia prendeu, nos dias 03 e 04 de maio, Gabriel de Jesus Apolônio e Mirian de Jesus Silva, envolvidos na morte de Jorge Roberto de Souza, de 62 anos, ocorrida em 28 de março, no Jardim Boa Esperança, em Aparecida de Goiânia.

O caso foi, inicialmente, tratado como homicídio mas, após a prisão dos autores, foi verificado que se tratava de um latrocínio. Segundo apurado, o casal de autores e a vítima estavam bebendo em um bar e, após perceberem que a vítima manuseava um extrato bancário que indicava uma grande quantia em dinheiro, decidiram roubá-la.

De acordo com o plano inicial, Mirian iria seduzir a vítima Jorge, para que o casal pudesse praticar o roubo. A vítima não teria cedido à investida, chegando a ocorrer um desentendimento entre Jorge e Gabriel,  o qual chegou a desferir um tapa contra Jorge. Após a agressão, Jorge deixou o bar e se dirigiu a sua casa, sendo seguido pelos autores. A certa altura do caminho, Gabriel o alcançou e o atacou com uma faca, golpeando-o na região do tronco, por três vezes.

Após esfaquear a vítima, Gabriel subtraiu sua carteira, onde estava o cartão da conta bancária e a senha para acesso à conta. De posse dos dados, Gabriel e Mirian efetuaram saques diários na conta da vítima, somente cessando os saques após o cartão ser bloqueado. O valor total subtraído gira em torno de 19 mil reais. Imagens mostram o momento que Gabriel efetuou um dos saques na conta da vítima. Com esse valor, Gabriel chegou a comprar uma motocicleta, que foi apreendida pela Polícia Civil.

Dias antes da prisão, Gabriel e Mirian (que alega estar grávida) se desentenderam e se separaram, e Gabriel passou a morar com a filha de Mirian, que tem 14 anos de idade.Gabriel foi preso nesta sexta-feira (04) no setor Colina Azul, e Mirian foi presa na última quinta-feira (03) no Jardim Tiradentes, em Aparecida de Goiânia.

Fonte: Polícia Civil




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.