Procura por vacina contra meningite dispara após morte de neto de Lula

A morte de Arthur Araújo Lula da Silva, de 7 anos, neto do ex-presidente Lula, por meningite meningocócica, na sexta-feira (01), provocou corrida de famílias a clínicas para vacinação. Há 12 tipos de meningite meningocócica, mas os mais prevalentes no Brasil são os tipos A, B, C, W e Y. A rede pública de saúde oferece a vacina contra o tipo C. Para se imunizar contra as outras formas da doença, é preciso ir a uma clínica particular que disponibilize a vacina para os demais tipos. De acordo com a Folhapress, quatro clínicas em São Paulo procuradas pelo jornal no sábado (02) e a rede Pró Matre-Santa Joana informaram que houve forte aumento da procura pela vacina. Só na rede Pró Matre, foram aplicadas cerca de 300 doses. O preço da dose está na casa dos R$ 575.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.