Regina Jardim se apresenta no palco do Casablanca Sessão Seis e Meia

Com rodagem por Alemanha, Portugal e Chile, artista é papa-prêmios de festivais

Renato Dias

Ela teve passagem pelo Conservatório da UFG. Para aprender teoria musical. Depois piano, coral e teatro. No Músika Centro de Estudos. Além de um circuito na Alemanha em 1997. Onde gravou backing vocal do CD da banda Side by Side. A estrada a levou a Portugal. Com retorno à Brasília. Para cantar em bares noturnos. É Regina Jardim. Uma diva. A artista apresenta-se nesta terça-feira, 18h30: Projeto Casablanca Sessão Seis e Meia. Produção de Itamar Correia.

– Designer, fotógrafa e terapeuta por formação, eu adotei a música.

A cantora, compositora, intérprete, com voz aveludada, realizou de 2001 a 2003 espetáculos singulares. Com destaque para o de Goiânia. Um show produzido na Universidade Federal de Goiás. Mais: um concerto em Mogi Mirim, no Estado de São Paulo, realizado no Teatro da Municipal, revela. A artista participou do Festival Cultura, pela TV Cultura, interpretando a música Cassorotiba, da compositora Marília Medalha, e classificou-se na 1ª etapa do festival.

– Além disso, fiz gravações essas, como backing, para o CD do cantor e compositor Gustavo Veiga Jardim.

Regina Jardim informa, com exclusividade, ter se mudado para o Chile. Ano: em 2008. A volta ocorreu no ano seguinte. Para gravar a música ‘Coração Retirante’, de Gustavo Veiga Jardim. Para o CD Menino Metido a Valente. Ela participou do programa ‘Almoçando com os amigos’. Em 2010 realizou três apresentações no Goiânia Ouro. Em tempo: executou projetos literários do SESC. Multifacetada, interpretou o conto de Bariani Ortencio e cantigas de roda.

– Ainda apresentei-me na Feira de artigos de Rock, no Colégio Marista, e no Chorinho, projeto da Prefeitura de Goiânia, realizado no Grande Hotel.

Inventiva e inquieta, louca para produzir estética, brilhou na Revirada Cultural em 2012, destacou-se em apresentações em bares na cidade de Pirenópolis, e no Bar Cerrado, Mercado da 74 e em especial no show de Gustavo Veiga Jardim. No FICA, na Cidade de Goiás. Regina Jardim soltou a voz em festivais de cinema como ‘GO Filme – Goiânia Film Festival’ e no no 7º Goiânia Canto de Ouro. Como alegria pouca é bobagem, participou do Festival Canta Cerrado.

– Fiquei em 2º lugar ao interpretar a canção ‘Olhos nos Olhos’, de Chico Buarque de Holanda.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.