Reunião com a diretoria do Goiás vai definir o futuro de Hélio dos Anjos

A situação do Goiás está complicada na Série B. Na tarde deste sábado, a equipe sofreu mais uma derrota, por 3 a 1 para o Vila Nova, e pesou na permanência do técnico Hélio dos Anjos. Apesar de ter conquistado o título goiano e ter encaminhado a equipe até as oitavas de final da Copa do Brasil, o Esmeraldino tem apenas um ponto no Brasileiro e já começa a ser ameaçado pela zona de rebaixamento, fator que levou a torcida a pedir a saída do técnico.

Durante a entrevista coletiva concedida após a partida, Hélio dos Anjos esteve acompanhado pelo gestor de futebol Túlio Lustosa e, apesar de o dirigente não apoiar a troca de treinador no decorrer da temporada, revelou que será convocada uma reunião com os demais membros da diretoria com o intuito decidir o destino da comissão técnica.

– O Hélio merece todo o nosso respeito. Nenhuma atitude será tomada aqui. Ele não foi contratado na frente das câmeras e não sairá desta forma. Foi contratado com critério, não pediu para que nós o procurássemos. Se ele entrou pela porta da frente, vai sair da mesma forma. Não podemos tomar nenhuma decisão de cabeça quente – declarou Túlio Lustosa.

Conhecido de longa data do técnico, Túlio, que já treinou com Hélio dos Anjos, evitou atrelar a culpa dos resultados ruins ao trabalho do comandante do Verdão e afirmou que o clube deve estar unido para superar a fase difícil.

– Queremos mostrar para o torcedor que a responsabilidade não é só de um, ela tem de ser compartilhada. Acho covardia deixar só o treinador vir aqui e colocar a cara depois do que aconteceu – explicou o dirigente.

Em sua sexta passagem pelo clube, Hélio dos Anjos, afirmou que não pedirá demissão do cargo, mas se colocou à disposição da diretoria.

– Nunca pedi demissão no Goiás. Se o Goiás achar que eu não sirvo mais, minha vida segue normalmente. A vida do Goiás também vai seguir. Se a diretoria resolver me demitir, minha vida continua. Pretendo trabalhar mais cinco ou seis anos. O processo em um clube de futebol não é tão simples quanto as pessoas imaginam, por isso, não posso pedir demissão.

Enquanto isso, o Goiás volta a se preparar para o próximo desafio pela Série B. No sábado, a equipe tem encontro marcado com o vice-líder Fortaleza, às 19h, no Castelão, em partida válida pela quinta rodada.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.