Vídeo com mulher de toalha na concentração do Goiás gera polêmica, mas clube ameniza: “Nada de mais”

Circula nas redes sociais um polêmico vídeo gravado pelo meia Felipe Gedoz, do Goiás, em um quarto de hotel antes da partida contra o Sampaio Corrêa, na última sexta-feira, em São Luís. Na imagem também aparecem o atacante Júnior Viçosa, o lateral-direito Alex Silva e uma mulher de toalha, que é estudante. Por causa da repercussão do vídeo, o gestor de futebol Túlio Lustosa se pronunciou e explicou a situação.

Segundo ele, outros hóspedes têm acesso aos hotéis em que o Goiás fica concentrado durante as partidas do Campeonato Brasileiro. Neste caso, de acordo com o dirigente esmeraldino, uma torcedora que estava no mesmo hotel pediu aos jogadores que fizessem o vídeo para um amigo.

– O que tem de mais nesse vídeo? Vou repassar a pergunta, não vi nada de mais. Esse vídeo foi em São Luís. O Goiás nunca fica em hotel privativo. O hotel não era de acesso exclusivo do Goiás. Aconteceu de eles (jogadores) estarem no quarto jogando videogame. Passou uma moça, que acho que era goiana, e pediu para fazer um vídeo porque tinha amigos que eram torcedores do Goiás. Foi só isso – disse Túlio Lustosa.

Ainda de acordo com o gestor de futebol do Goiás, a situação não é inédita e não há qualquer tipo de polêmica neste caso.

– Houve essa polêmica, que para mim não é polêmica. Isso acontece várias vezes. Dá uma repercussão porque todo mundo imagina a concentração de um time de futebol como se fosse uma prisão, mas não é assim. A gente está num hotel aberto a outros hóspedes, foi isso que aconteceu, não tem nada de mais.

Defesa da estudante se pronuncia

Por meio de uma advogada, a família da estudante envolvida no vídeo com jogadores do Goiás se pronunciou. De acordo com o comunicado, as imagens foram feitas na presença da família e do namorado da estudante e foram enviadas a um amigo torcedor esmeraldino.

Confira a nota:

A advogada Tullianny Aguiar, representante judicial da família da estudante (torcedora do Goiás), vem por meio deste esclarecer a repercussão negativa a qual foi vítima nesta tarde (25), em que se viu envolvida em uma situação constrangedora.

Informa que encontra-se de férias na cidade de São Luís, Maranhão, junto com os pais, irmãos e namorado, estando hospedada no mesmo hotel e andar que os jogadores do time Goiás Esporte Clube.

Encontrou com alguns jogadores no hotel, ocasião em que pediu uma camiseta para presentear um amigo que é torcedor esmeraldino. Jogadores que, com educação, explicaram que as camisas só poderiam ser entregues após o jogo. Diante do fato de que a família não mais estaria na cidade após o jogo, foi pedido para que eles gravassem um vídeo mandando um “salve” para o seu amigo torcedor, sendo prontamente atendida pelos jogadores.

Os jogadores fizeram a filmagem, e como uma brincadeira a estudante “pula” no vídeo, já que a intenção era envio exclusivo ao amigo esmeraldino.

Ressaltamos que, a gravação foi feita na presença do namorado da estudante, seus irmãos e pais.

Por circunstâncias alheias, o vídeo viralizou, sem o seu consentimento, induzindo que a estudante estaria numa festa íntima com os jogadores. Todavia, não passam de inverdades maldosas abastecidas pela internet.

A calúnia e difamação gerada em decorrência do citado vídeo já foi levada ao conhecimento das autoridades competentes, ficando os responsáveis a mercê da Justiça por suas consequências.

Aos jogadores que participaram do vídeo, e suas respectivas esposas, o nosso respeito, e especiais agradecimentos à esses profissionais do esporte pela humildade, gentileza e consideração que trataram a família da estudante.

Fonte: Globo Esporte




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.