Vila Nova vence clássico, afunda rival e assume liderança da Série B

O primeiro dérbi do Cerrado da Série B terminou com vitória do Vila Nova. Neste sábado, em pleno Serra Dourada, a equipe de Hemerson Maria derrotou o maior rival, Goiás, pelo placar de 3 a 1. Além de aumentar a crise instalada no rival, que segue sem vencer na competição e vê a pressão em cima do técnico Hélio dos Anjos ficar quase insustentável, o Tigrão consagrou-se como líder da segunda divisão do futebol brasileiro ao final da quarta rodada.

Os gols do confronto foram marcados por Reis e Alan Mineiro (duas vezes), em favor dos visitantes, e Rafinha, com lindo voleio, para os donos da casa. Na reta final do embate, uma briga generalizada entre torcedores do Goiás ocasionou a presença da Polícia Militar.

Com o resultado, o Vila assumiu a liderança isolada da Segundona com aproveitamento perfeito: quatro vitórias em quatro jogos. Já o Esmeraldino estacionou no único ponto anotado, e continua na zona de rebaixamento do torneio com campanha de um empate e três derrotas.

Na próxima rodada, o Goiás vai buscar a reabilitação no campeonato contra o Fortaleza, no Castelão, às 19h00 (horário de Brasília) do sábado seguinte. Por outro lado, o Vila Nova prosseguirá no Serra Dourada, dessa vez atuando como mandante, diante da Ponte Preta. O duelo entre goianos e campineiros será realizado às 16h00 do dia 13, domingo.

O jogo – Quem começou melhor a partida e abrindo o placar foi o Vila Nova. Depois de um início superior, os visitantes inauguraram o marcador: após lançamento no campo de defesa, Gastón Filgueira pôs a bola na frente e rolou para Reis. O jogador de ataque chutou firme, mas contou com falha do goleiro Marcelo Rangel, que soltou facilmente a bola, para fazer o 1 a 0.

A equipe de Hemerson Maria continuava, mesmo depois do tento, pressionando os rivais. Aos 13, Alan Mineiro foi travado em boa finalização, e Reis não conseguiu aproveitar o rebote. Entretanto, quem marcou foi o Goiás: depois de levantamento de Maranhão, Rafinha encaixou um lindo voleio, anotando um golaço e deixando tudo igual no Serra Dourada.

Ainda no primeiro tempo, o Vila Nova prosseguia melhor, mesmo com o empate. Pressionando, o time quase chegou ao gol duas vezes, ambas em chances de Mateus Anderson, mas o jogador desperdiçou e não foi capaz de colocar a equipe de volta no comando do placar. Na reta final do período, Rangel viu seu travessão ser carimbado, mas o marcador foi mesmo de 1 a 1 na ida ao intervalo.

Na etapa final, mais pressão dos visitantes no início do período. Alan Mineiro demorou para chutar e a zaga do Goiás o travou mais uma vez, evitando o tento que colocaria os rivais à frente. Aos 15 minutos, outra chance: Moacir tentou de longe e o Vila Nova acertou o travessão novamente na partida.

Tais chances logo se traduziriam em gol. Em batida de falta, Alan Mineiro, que flertou com o tento durante todo o confronto, enfim balançou as redes em um golaço no ângulo: 2 a 1. E não demorou muito para o ex-jogador do Corinthians fazer seu segundo no embate.

Em jogada de rápido contra-ataque, Maguinho carregou a bola e serviu o atleta de 30 anos, que ficou na boa para completar para o fundo das redes, selando a vitória do Tigrão no duelo e dando números finais à partida.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS 1 X 3 VILA NOVA 

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 5 de maio de 2018, sábado
Horário: 16h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (PR)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)
Cartões amarelos: David Duarte (Goiás); Alan Mineiro (Vila Nova)
Gols: Rafinha, aos 25 minutos do 1ºT (Goiás); Reis, aos oito minutos do 1ºT e Alan Mineiro, aos 17 e 25 minutos do 2ºT (Vila Nova)

GOIÁS: Marcelo Rangel; Alex Silva, Edcarlos, David Duarte e Breno; Gilberto Júnior, Rafinha (Robson) e Madison (Pedro Bambu); Carlos Eduardo, Maranhão (Jacó) e Tiago Luís
Técnico: Hélio dos Anjos

VILA NOVA: Mateus Pasinato; Maguinho, Wesley Matos, Diego Giaretta e Gastón Filgueira; Geovane, Wellington Reis (Moacir), Mateus Anderson e Elias; Alan Mineiro (Ramon) e Reis
Técnico: Hemerson Maria




2 thoughts on “Vila Nova vence clássico, afunda rival e assume liderança da Série B

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.