Vistoria na prisão: enfiou o celular no ânus, mas ele tocou

Um prisioneiro escondeu o celular no reto enquanto os carcereiros faziam uma varredura nas celas.

Mas ele acabou traído pelo toque do celular, bem na hora em que os guardas inspecionavam a sua cela.

O detento, de 58 anos, foi levado para o hospital, onde os médicos retiraram o celular de suas entranhas.

“Infelizmente pra ele o telefone tocou na hora errada”, disse um funcionário do presídio à agência AFP.

Após ser atendido o homem voltou ao presídio, onde cumpre pena de 10 anos por roubo. Resta saber qual foi o fim do celular.

O fato aconteceu no Sri Lanka mas tal acontecimento já ocorreu em presídios brasileiros, principalmente, com celulares escondidos dentro de vaginas.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.