Willians Santana marca três e CRB bate o Atlético-GO pela Série B

A estrela de Willians Santana brilhou. O meia-atacante marcou três gols e garantiu a vitória do CRB por 3 a 1 sobre o Atlético Goianiense, nesta sexta-feira, no estádio Rei Pelé, em Maceió, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. É a primeira vitória do time alagoano, que vinha de três derrotas consecutivas e agora soma três pontos, ainda na zona de rebaixamento em 17.º lugar. O clube goiano permanece com seis, agora em oitavo lugar.

O CRB iniciou o jogo com o turbo ligado, com pressão total. Aos sete minutos quase abriu o placar em uma cabeçada de Lucas que explodiu no travessão. Dois minutos depois, saiu o gol. Neto Baiano cobrou falta de longe, porém com muita força, e o goleiro Kléver deu rebote. A bola caiu nos pés de Willians Santana, que completou para as redes.

Não demorou muito e Willians Santana ampliou. Diego Rosa invadiu a área pelo lado esquerdo e cruzou para a pequena área, onde o meia/atacante desviou de cabeça: 2 a 0, aos 11 minutos. O Atlético Goianiense se perdeu com estes dois gols rápidos e escapou de levar uma goleada não fossem as inúmeras finalizações para fora dos alagoanos.

Mas quem estava com o pé na forma e com muita sorte era mesmo Willians Santana. Ele fez o terceiro gol aos 39 minutos. Edson Ratinho desceu pelo lado direito e cruzou para o desvio de Diego Rosa. Kléver rebateu de novo e a bola sobrou para o artilheiro da noite chutar rasteiro.

No segundo tempo, aconteceu o esperado. O CRB valorizou a vantagem diante de um adversário moralmente abatido. Aos 15 minutos, Willians Santana cometeu falta em cima de Bruno Santos e recebeu o cartão amarelo. É seu terceiro, tanto que vai cumprir a suspensão automática. Cinco minutos depois, sentiu cansaço, caiu no gramado e acabou substituído por Mazola.

Na saída de campo, Willians Santana não escondia a alegria por ter feito o “hat-trick” pela primeira vez na carreira, mas dividiu os louros da vitória com os companheiros. “O time começou num ritmo forte, buscando o ataque e conseguiu os gols. Acho que foi justo e eu fui abençoado”, resumiu o melhor em campo.

No mais, quase nada. O Atlético Goianiense só ameaçou em dois chutes de longe, enquanto que o CRB ainda teve uma chance de ouro com Neto Baiano, aos 34 minutos, que esbarrou na boa defesa de Kléver e depois em um gol de cabeça dele, mas anulado por impedimento. De castigo, o time alagoano levou um gol nos acréscimos, aos 47, quando o zagueiro Willian Alves desviou de cabeça após uma cobrança de escanteio.

Mas o CRB não vai ter muito tempo para descansar porque já abre a quinta rodada nesta segunda-feira. Como disputa as quartas de final da Copa do Nordeste, teve antecipado o seu jogo contra o Sampaio Corrêa no estádio Castelão, em São Luis, às 20h30. O Atlético Goianiense só volta a campo na próxima sexta diante do Londrina, às 21h30, em Goiânia.

FICHA TÉCNICA

CRB 3 x 1 ATLÉTICO-GO

CRB – João Carlos; Diogo Mateus, Flávio Boaventura, Diego Borges e Diego; Lucas, Edson Ratinho, Tinga (Everton Sena) e Willians Santana (Mazola); Diego Rosa (Bruno Paulo) e Neto Baiano. Técnico: Júnior Rocha.

ATLÉTICO-GO – Kléver; Alisson, William Alves, René e Bruno Santos; Bileu, Fernandes (Rômulo) e Tomas Bastos (André Luís) e Júlio César; João Paulo e Tito (Júnior Brandão). Técnico: Cláudio Tencati.

GOLS – Willians Santana, aos 9, aos 11 e aos 39 minutos do primeiro tempo; Willian Alves, aos 47 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Neto Baiano, Lucas e Willians Santana (CRB); Tomas Bastos, Bruno Santos e Júlio César (Atlético-GO).

ÁRBITRO – Bruno Arleu de Araújo (RJ).

RENDA – R$ 33.535,00.

PÚBLICO – 4.274 pagantes.

LOCAL – Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.